segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

2º DUATHLON RÚSTICO 3 COQUEIROS - AVARÉ

Na manhã de ontem, domingo, 22 de janeiro, com início às 9 horas, foi realizada na cidade de Avaré a segunda edição do Duathlon Rústico Três Coqueiros, evento que reuniu ciclistas, corredores e amantes de aventura, esportes e natureza.
O duathlon contou com distâncias short e fitness, respectivamente com 2,5 km de corrida + 20 km MTB + 5 km de corrida, e 2,5 km de corrida +5 km de MTB + 1 km de corrida.
A competição ocorreu no Horto Florestal e, devido ao tempo chuvoso dos últimos dias, tanto a corrida quanto o pedal foram feitos com os atletas enfrentando o lamaçal do terreno.
Participantes de toda a região, amadores e também profissionais, prestigiaram a prova, que podia ser feita em categoria solo ou duplas.
Uma galera de Itararé compareceu para encarar além do barro as dificuldades altimétricas, pois o percurso contou também com boas subidas.
Na categoria solo os representantes itarareenses foram Wilton, Willian, e Jonas Tupá.
Todos os atletas que concluíram a prova foram premiados com belíssimas medalhas.


domingo, 22 de janeiro de 2017

IX CORRIDA CEL PEDRO DIAS DE CAMPOS - SOROCABA

Na manhã de hoje na "Manchester Paulista" foi realizada a nona edição da Corrida Coronel Pedro Dias de Campos, prova pedestre ortanizada pela Associação de Atletismo Saint Pegoretti - AASP.
Além dos atletas de Sorocaba, a competição reuniu muitos corredores das cidades vizinhas para a disputa dos 7,7 km por um percurso que teve a largada e chegada na sede do 7º Batalhão da Polícia Militar do Interior, e fez uma ida e volta basicamente pelas avenidas General Carneiro e Armando Panunzio.
Mais uma vez o laranja da Equipe 28 de Agosto se destacou na importante competição, com a presença dos atletas itarareenses Fábio Tanaka e Noel Lopes Machado..
Os dois concluíram bem a distância da prova e foram premiados com lindas medalhas.
Parabéns, Fábio e Noel!


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

BRUTUS DIRT RUN EM VILHA VELHA-ES


No último sábado, 14 de janeiro, aconteceu na bela cidade de Vila Velha, no Espírito Santo, a 1ª Brutus Dirt Run. A corrida, realizada na Fazenda Rico Caipira  e com temperaturas próximas dos 30º, teve distância de 5km e contou com aproximadamente 15 obstáculos no meio do caminho para que os participantes pudessem desafiar seus limites. Dentre eles: muros de 1,80cm para ultrapassar, cama de gato, rio de lama, trincheiras para rastejar, King Kong (ultrapassar as barras paralelas)
A Equipe 28 de Agosto esteve representada na prova pelas atletas Gabriela Gorski e Carolina Veiga , que estavam turistando em Vila Velha e decidiram aproveitar para correr e se divertir.
É a Equipe 28 de Agosto alaranjando mais um estado brasileiro!



domingo, 15 de janeiro de 2017

FIM DE SEMANA COM DOIS PÓDIOS EM CURITIBA

O fim de semana foi de corridas na capital paranaense.
Duas provas em dois dias seguidos fizeram com que alguns atletas tivessem de se superar para dar conta de desafios bem difíceis, com uma corrida na noite de sábado e outra na manhã do domingo.
Teve o Itararé com laranja da Equipe 28 de Agosto no alto do pódio nas duas provas!
108ª CORRIDA DA LUA CHEIA
Sábado, 14 de janeiro, contando com a presença de centenas de corredores do Paraná e também de outros estados, foi realizada a 108ª edição da Corrida da Lua Cheia, evento que conta com provas nas distâncias de 4,3 e 8,6 km.
A competição acontece sempre no bonito Parque Tingui, sendo que a corrida de 4,6 é realizada em uma volta e a de 8,6 de duas voltas nas ruas e pistas de corrida no entorno do local.
A prova é bem disputada por ótimos atletas, atraídos pela premiação com troféus aos primeiros colocados na classificação geral masculina e feminina e também nas categorias por faixas etárias na prova de 8,6 km.
A largada, conjunta para os 4,3 e 8,6 km, aconteceu às 20 horas sob um forte calor que minou as energias dos fundistas.
O atleta da Equipe 28 de Agosto, Guilherme Marques Gorski, participou da disputa dos 8,6 km, sendo o campeão da categoria 50 a 54 anos, concluindo a prova com o tempo de 36 minutos e 21 segundos, sendo chamado no alto do pódio para receber um bonito troféu.







CIRCUITO DE CORRIDAS CROSS COUNTRY SUBWAY - 5ª ETAPA
O Circuito de Corridas Cross Country é composto de cinco provas realizadas na capital e em cidades da região metropolitana de Curitiba, e disputado nas distâncias de 6 e 12 km.
A premiação é com troféus para os primeiros colocados na classificação geral e também para os três primeiros nas categorias por faixas etárias.
A quinta etapa realizada na Associação Copel na manhã de hoje, domingo, 15 de janeiro, fechou o circuito 2016/2017, contando com a presença de muitos atletas que se esforçaram para vencer os adversários e as dificuldades dos percursos.
A prova contou com muitos trechos de lama, rios, trilhas escorregadias por entre mata fechada, muitas subidas e descidas cortando caminhos rurais
Na prova de 6 km o atleta Guilherme Marques Gorski concluiu com 31 minutos e 41 segundos, faturando o primeiro lugar na categoria 50 a 54 anos, recebendo mais um lindo troféu para colocar Itararé mais uma vez no alto do pódio.




sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

TRÊS ITARAREENSES NO RANKING BRASILEIRO DE MARATONISTAS 2016

Conta a história que em 490 a.C. quando os gregos derrotaram os persas numa terrível batalha travada na planície de Maratona, na Grécia, Milcíades, general helênico, chamou seu melhor e mais resistente soldado e lhe incumbiu de retornar à Athenas com a informação do grande triunfo.
Pheidippides era o soldado, e a distância entre Maratona e Athenas era de aproximadamente 40 quilômetros.
Determinado, e querendo logo dar as boas novas, o mensageiro fez o percurso inteiro na corrida, para, depois de ter anunciado aos atenienses a grande vitória, cair morto.
Essa história, descrita aqui de forma muito breve, mostra bem o espírito daquele que se dispõe a enfrentar a temida distância.
Mítica, a lenda de Pheidippides ecoa nos passos dos maratonistas ainda hoje, tanto na solidão dos seus duríssimos treinos longos, como no dia D, quando se colocam à prova nos 42,195 km, distância hoje oficial da prova de atletismo, a maratona.
A maratona é extremamente desgastante e só deve ser encarada por quem realmente tem experiência em corrida de rua e faz um treinamento para aguentar correr durante três, quatro horas ou mais, com a sensação da musculatura endurecida, câimbras, e a temperatura corporal elevada.
Maratona não é brincadeira!
É coisa de Gente Grande!
Como dizem alguns, "é onde o filho chora e a mãe não vê".
O treinamento para correr os 42,195 km é muito duro e exige disciplina. Só deve ser feito com orientação de um profissional de Educação Física que entenda de verdade do assunto.
Para coroar o esforço dos maratonistas brasileiros que treinam duro para completar bem a distância, a Revista Contra Relógio publica todo mês de janeiro o "Ranking Brasileiro de Maratonistas", classificando os atletas nas suas respectivas faixas etárias.
Para figurar no seleto grupo, o maratonista deve ter feito tempo abaixo do limite estabelecido para cada faixa etária numa das maratonas brasileiras oficializadas pela Confederação Brasileira de Atletismo - CBAt.
Em 2016 foram 9.maratonas oficiais realizadas em solo brasileiro e consideradas para o ranking: Maratona do Rio de Janeiro, Maratona Internacional de São Paulo, Maratona Internacional de Porto Alegre, SP City Marathon, Maratona de Uberlândia, Maratona de Goiânia,  Maratona de Recife, Maratona Internacional de Foz do Iguaçu, e Maratona de Curitiba.
Segundo a revista, ao todo, em torno de 17 mil corredores completaram pelo menos uma dessas maratonas em 2016, dos quais apenas 4.996 conseguiram índice para o Ranking, ou seja, aproximadamente 30%.
Dentre os ranqueados a Equipe 28 de Agosto conseguiu colocar três representantes itarareenses: Rômulo Correa Branco, Flávio de Lima, e Guilherme Marques Gorski.
Rômulo classificou-se em 336º lugar dentre os 709 maratonistas ranqueados na categoria 18 a 34. anos, com o tempo obtido em sua estreia na Maratona de Curitiba, 3h21min35seg.
Flávio foi o 421º colocado dentre os 729 atletas que conseguiram índice na faixa etária de 40 a 44 anos, por ter fechado a Maratona Internacional de Porto Alegre com o tempo de 3h35min03seg.
Guilherme classificou-se em 92º de 508 ranqueados  na categoria de 50 a 54 anos com o tempo de 3h22min03seg. obtido na Maratona Internacional de Porto Alegre.

Parabéns aos nossos Maratonistas!


TEMPOS-LIMITE PARA INGRESSO NO RANKING BRASILEIRO DE MARATONISTAS
FAIXA ETÁRIA
HOMENS
MULHERES
ATÉ 34 ANOS
SUB 3H40
SUB 4H10
35 A 39 ANOS
SUB 3H45
SUB 4H15
40 A 44 ANOS
SUB 3H50
SUB 4H20
45 A 49 ANOS
SUB 3H55
SUB 4H25
50 A 54 ANOS
SUB 4H05
SUB 4H35
55 A 59 ANOS
SUB 4H15
SUB 4H45
60 A 64 ANOS
SUB 4H25
SUB 4H55
65 A 69 ANOS
SUB 4H40
SUB 5H10
70 A 74 ANOS
SUB 4H55
SUB 5H25
75 A 79 ANOS
SUB 5H10
SUB 5H40
80 ANOS +
SUB 5H30
SUB 6H00

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

PARA COMEÇAR 2017 !

Chega fim de ano e é sempre a mesma história...
Promessas, planos, intenções...
Começar a fazer dieta, emagrecer, fazer exercício...
Largar de fumar, de beber...
Cortar os doces, a gordura, refrigerante...
- No primeiro dia do ano eu começo!
Mas aos poucos a correria do dia a dia vai tomando conta e os planos ficam perdidos na memória.
Mas com a nossa turma não é bem assim.
Aqui a turma é "firme na paçoca".
 
Eis que na viagem de ida para a São Silvestre alguém no ônibus jogou a isca:
- Quem topa fazer o primeiro treino de 2017 no dia 1º, de manhã?
- Opa, eu topo! Prometo que vou! Já confirmou a presença um atleta.
Outro também no acento traseiro, ouvindo a conversa, já se animou e prometeu que iria.
Mais um, mais outra...
Divulgaram nas redes sociais.
Mas ninguém deu muita bola para a postagem.
De toda forma ficou marcado o treino.
Compromisso é compromisso! Promessa é dívida!
E chega o dia 31, todos correm no calorão de Sampa, gastando todas as energias na Brigadeiro.
Na viagem de volta para Itararé, depois de uns "perrengues" lá na Paulicéia, o cansaço bateu forte: pernas doloridas, câimbras, sono.
Os afoitos atletas já começaram a se arrepender do combinado.
Mas não dava mais para desistir, remoinham em pensamentos.
Noite já, chegam na terrinha.
Hora de tomar um belo banho e se preparar para o réveillon.
- Ih! Tinha esquecido que vamos comer muito e dormir tarde...
Ter que acordar cedo pra treinar...
Se arrependimento matasse...
Mas fazer o que? Palavra é palavra!
 
Hora marcada, todos a postos (meio que ainda "tirando remela dos zóio") no Parque da Barreira, como combinado. Até uma atleta que não tinha se comprometido resolveu aparecer para prestigiar o treino.
E que treino!
Valeu a pena.
Apesar das ferroadas, da areia esfolando os pés encharcados por dentro dos tênis, do sol castigando na subida interminável, da fome que bateu já perto do meio dia, o primeiro treino de 2017 não poderia ter sido melhor.
Água gelada!
Renovados, que venha, Ano Novo!
 
 

domingo, 1 de janeiro de 2017

92ª CORRIDA INTERNACIONAL DE SÃO SILVESTRE - 2016

 
Mais de 30.000 atletas festejaram o último ano de 2016 percorrendo as ruas, alamedas e avenidas da capital paulista na mais importante prova pedestre brasileira, a tradicionalíssima Corrida Internacional de São Silvestre, na sua 92ª edição.
A competição todos os anos reúne os melhores atletas do país e os sempre favoritos africanos, que mais uma vez faturaram os primeiros lugares das provas masculina e feminina.
No masculino a disputa foi muito acirrada, sendo decidida nos metros finais, com a vitória do etíope Leul Aleme, que cravou o tempo de 44 minutos e 53 segundos. O melhor brasileiro na prova mais uma vez foi Giovani dos Santos, que terminou em quarto lugar, com 45'30".
No feminino também deu África, com a favorita queniana Jemima Sumgong, campeã da maratona olímpica Rio 2016, que não se intimidou com o forte calor  e quebrou o recorde da prova, concluindo os 15 km com o excelente tempo de 48 minutos e 35 segundos. A brasileira Tatiele de Carvalho chegou em sétimo lugar, com 54'01".
Os campeões comemoraram no alto do pódio com seus troféus e o belíssimo prêmio de R$90.000,00, mas quem fez a festa mesmo foram os milhares de atletas amadores que invadiram São Paulo para correr, trotar e até mesmo caminhar os 15 km, esbanjando alegria, disposição, bom humor, e saúde, sob o fortíssimo calor de mais de 30 graus.
Fechando o calendário oficial de atletismo, muitos deixam de lado o espírito competitivo e a busca pela superação de marcas e aproveitam para correr sem maiores pretensões, confraternizando, correndo fantasiados, com cartazes e faixas de variados motivos.
Dentre os anônimos, o laranja dos atletas da Equipe 28 de Agosto se destacou,  emoldurando o nome de Itararé que foi levado mais uma vez na largada em duas enormes faixas.
Pela Equipe 28 de Agosto completaram os 15 km os atletas Carolina Veiga, Cirineu Júnior, Claudia de Lima, Clodoaldo da Silva, Ednaldo Carlos Camargo Pedroso, Fabiane Gasparini, Flávio de Lima, Gabriela Martins Gorski, Gilson de Oliveira, Guilherme Marques Gorski, James Machado Costa Luz, Jesiele Ferreira do Prado Santos, Jonas Célio Camargo Tupá, Lucas Iancki Paulino, Maria Eunice Camargo Tupá, Maurílio Oliveira, Mirela Casagrande dos Santos, Oracy Gorski Damaceno, Patrícia Souza Abdala Rodrigues, Rodrigo Lourenço Lopes, Rogério Osório de Mello Filho, e Sandra Deise Barsotti.
Todos conseguiram vencer as dificuldades da prova, como o percurso exigente com a temida subida da avenida Brigadeiro Luís Antônio, o calor, e em alguns pontos a falta de água.
Finalizando a corrida foram premiados com lindas medalhas.
No apoio aos nossos atletas estiveram Alexandre Monteiro Silva, Clarissa de Lima dos Reis, Maria Thereza de Thomaz Lima, Mayara Azevedo Lourenço Lopes, e Rosa Cristina Martins Gorski.
 
 
EQUIPE 28 DE AGOSTO - 100% ITARARÉ
DEZ ANOS MUDANDO A CULTURA ESPORTIVA DA CIDADE