terça-feira, 30 de dezembro de 2014

CORRIDA DA ALEGRIA

Kit na mão!
Agora é só controlar a ansiedade.
Amanhã mais uma vez colocaremos Itararé na história dessa enorme prova do atletismo mundial.
Ao completar 90 anos a Corrida Internacional de São Silvestre terá mais de 30 mil participantes correndo pelas ruas da capital paulista no último dia de 2014.
90 anos!
quantas histórias já foram escritas nessas nove décadas?
Quantas disputas as ruas da metrópole já presenciaram? Quantos dramas, quantas histórias de grandes campeões, que voaram pelas ruas, avenidas, até vencer a temida subida da Brigadeiro (Avenida Brigadeiro Luís Antônio)?
Mas a São Silvestre é muito mais do que toda essa grande história do atletismo mundial. É a consagração do povo.
É o povo quem faz a maior festa nessa histórica corrida.
É o povão que serpenteia pelas grandes avenidas comemorando mais um ano de treinos e mais treinos.
Aí não importa tanto o tempo de conclusão. Não importa tanto a classificação. O que vale é a alegria.
Fantasiados, caricatos, com faixas, os coloridos corredores, atletas anônimos que treinam duro nas suas cidades, e que resolvem vir cantar os "Parabéns a Você" para a aniversariante anciã.
Viva a São Silvestre, Corrida da Alegria!

sábado, 27 de dezembro de 2014

ANO MÁGICO - RETROSPECTIVA 2014



Que ano!
Finalzinho de dezembro. Hora de olhar lá para trás, ver todo o longo trajeto percorrido. analisar o que deu certo, o que precisa ser melhorado, o que faltou ser feito, e o que não se deve mais fazer.
Momento de reflexões, de comemorações, de olhar para as medalhas e troféus, se orgulhando dos grandes feitos, e começar a sonhar com novas conquistas.
Fazer as contas dos quilômetros percorridos, rever as fotos dos pódios, e, mais importante, lembrar das risadas e das passadas juto dos amigos.
E 2014 foi um ano maravilhoso para nossa turma.
Fizemos treinos deliciosos, enfrentamos percursos duríssimos, no Cerrado, do Riacho, da Carapuça, do Distrito Industrial, do Ibiti, do Campo da Aviação, e nosso quintal de casa, o Percurso de Blair.
Corremos em vários lugares levando o nome de Itararé.
Fomos para Porto Alegre, Paraty (ah, Paraty!), Londrina, Ponta Grossa, São Miguel Arcanjo, Curitiba, Arapoti, Itapeva, Almirante Tamandaré, Piraquara, Caiobá, Florianópolis, São Paulo, Itaberá, Itaí, e Piraí do Sul.
Ah, fomos também no Beto Carrero!
Fortalecemos nossa imagem participando de eventos sociais, como o Desfile Cívico, organização da Corrida de Itararé, e a Caminhada Rural, e também por meio dos jornais locais que destacaram nossas corridas. Também tivemos destaque na grande mídia, com entrevistas para o Bom Dia Rio Grande, e TV Brasil, além de foto no Instagram do EuAtleta.com.
Que ano corrido!
JANEIRO
Muitos treinos para enfrentar a correria que viria em 2014.
Entrevista no Programa Sábado Fafit.

FEVEREIRO
Circuito do Sol - Curitiba.
Churrasco da equipe.
Destaque na revista Contra Relógio.
Destaque na Revista do Comércio.

MARÇO
Corrida de Verão.
Meia Maratona de Paraty (Dois pódios).
Treinos noturnos na cidade. Fizemos a festa na noite de Itararé!

ABRIL
2º Agita Itararé.
Circuito SESC- Ponta Grossa (Pódio).
74ª Corrida da lua cheia (Dois pódios).
Corrida Pedestre de Itaberá (Pódio e até premiação em dinheiro!) 

MAIO
1º Desafio de rua Capal em Arapoti-PR (Pódios e dinheiro).
Meia Maratona Ecológica de Curitiba (Pódio).
Maratona Internacional de Porto Alegre (Itararé ganhou mais dois novos maratonistas!)

JUNHO
V Corrida Ecológica do Recanto Marista - Almirante Tamandaré-PR (Pódio). 
Maratona Beto Carrero de Revezamento.
Circuito de Corridas Rústicas de Ponta Grossa - prova "Ginásio de esportes Oscar Pereira" (Pódio). 

JULHO
III Trilha Morro do Canal - Piraquara-PR (Pódio).
Treinos de reconhecimento do percurso da 1ª Corrida Cidade de Itararé. Que delícia de treinos! Sempre víamos o sol nascendo.

AGOSTO
1ª Corrida e Caminhada do Santuário de Nossa Senhora das Brotas - Piraí do Sul-PR (Pódios).
7 de Agosto dia do Maratonista.
Maratona Caixa de Santa Catarina - Florianópolis-SC.
Desfile Cívico de aniversário da cidade.
1ª Corrida Cidade de Itararé (Pódios). Nossa equipe ajudou na organização da prova. Quantas estórias pra contar! Quase fomos presos!

SETEMBRO
Destaque no Jornal ItararéNwes "Equipe 28 de Agosto eleva o nome da cidade".
Corrida de aniversário de Itapeva (Pódios).  
1ª Corrida Joven Pan - Londrina-PR (Pódio).

OUTUBRO
Circuito Popular de Corridas de rua da Cidade de São Paulo - Etapa Pinheiros/Lapa/Butantã.
Night Run - Etapa Júpiter Curitiba-PR. 
Maratona Internacional de São Paulo.
Destaque no Instagram do EuAtleta.com.
Entrevista para a TV Brasil. 

NOVEMBRO
Maratona de Revezamento - Corrida do Povo, Curitiba-PR (Pódio).
Maratona Caixa de Curitiba (Pódio).
5ª Corrida José Roberto de Melo Duarte, Itaí-SP (Pódio).
6ª Corrida e caminhada do ISPON contra o câncer, Ponta Grossa-PR (Pódio).
2ª Corrida Dirceu Bueno, São Miguel Arcanjo-SP (Pódios)

DEZEMBRO
Caminhada Rural - Reinauguração do Mirante do Morro Chato.
Prova Pedestre dos Campos Floridos, Arapoti-PR (Pódios).
São Silvestrinha (Aluno consegue 2º lugar).
Confraternização da Equipe/Aniversário. 

terça-feira, 23 de dezembro de 2014

RASGANDO A FAIXA

Ilustração: Rafaela e Rodrigo
Você está quase lá.
Depois de uma extenuante jornada já começa a enxergar a linha de chegada.
Vê o pórtico bonito e a faixa esticada.
Sabe que está chegando, e passa do limite.
Afinal, falta muito pouco.
Mais uma vitória.
Mais uma grande corrida.
O corpo continua firme, meio que no piloto automático.
Mas o pensamento voa.
Vai buscar os sentimentos do começo da corrida.
Dos primeiros quilômetros, quando ainda estava no aquecimento.
Um filme com cenas muito rápidas começa a trazer um misto de satisfação, orgulho, e cansaço.
O meio da prova começa a tomar conta da memória.
Quanta luta! Quanta determinação foi necessária naqueles momentos em que se pensa em desistir.
Mas corredor é guerreiro.
Enfrenta as dificuldades e quer mais.
Vai voltando no tempo e lembra das subidas, das descidas.
Esse percurso, assim como tantos outros, não foi fácil.
Mas você sabe que está no fim.
Vale a pena insistir.
Volta a olhar a faixa esticada esperando pela sua chegada.
Acelera ainda mais, tirando do fundo da alma as últimas energias.
As últimas passadas são mais fortes.
Agora é no Sprint.
Cruza a linha final.
Mais um ano corrido!
Que venha 2015!


segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

ITARARÉ NOS PRIMEIROS LUGARES NA SÃO SILVESTRINHA 2014

Na tarde do último sábado, 20 de dezembro, na pista de atletismo do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, no Bairro de Moema, na cidade de São Paulo, contando com aproximadamente 600 atletas, foi realizada a 21ª edição da São Silvestrinha, versão infanto-juvenil de nossa corrida mais famosa.
As arquibancadas do Centro Olímpico estavam lotadas para ver as disputas entre ao atletas mirins, de seis aos dezesseis anos, nas provas que iam dos 50 aos 600 metros.
A prova é famosa por ter revelado grandes nomes do cenário de corridas do país, dentre os quais tem destaque o mineiro Frank Caldeira, medalha de ouro na Maratona dos Jogos Pan-americanos realizados em 2007, e que também já ganhou a São Silvestre em 2006.
A Diretoria de Ensino desenvolve desde 2011 um projeto que visa levar os alunos das escolas estaduais para disputarem a competição, que sempre acontece no mês de dezembro. Trata-se do Projeto "Saber Correr para Correr pelo Saber", que já teve um triunfo na competição realizada no ano passado quando o atleta Paulo Vinícius, aluno da EE Tomé Teixeira, venceu a prova dos 100 metros para alunos de 12 anos.
Neste ano, no projeto da EE Professor Caetano Carbone, estiveram em São Paulo seis atletas representando as escolas estaduais Professor Caetano Carbone, Professora Esther Carpinelli Ribas, e Tomé Teixeira.
Nossos alunos atletas na prova foram Lucas Antunes da Costa Ruivo, e Paulo Vinícius Holzsauer de Oliveira, da EE Tomé Teixeira; Jorge Matheus dos Santos Fante, e Daniel dos Santos Andrade, da EE Profª Esther Carpinelli Ribas; Brian Almeida Rodrigues, e Kaíque Eduardo Rodrigues, da EE Prof. Caetano Carbone. Os professores de Educação Física que acompanharam os alunos: Flávio de Lima, Luís Carlos Geremias, Silvana Contieri Machado de Genaro, e Guilherme Marques Gorski.
A classificação de nossos atletas:
Jorge Matheus - 12 anos - 5º lugar nos 100 metros, com o tempo de 12"40;
Brian Almeida Rodrigues - 12 anos - 7º lugar nos 100 metros, com 12"94;
Daniel dos Santos Andrade - 12 anos - 8º lugar nos 100 metros, 13"14;
Kaíque Eduardo Rodrigues - 12 anos - 14º lugar nos 100 metros, com 13"34.
Paulo Vinícius Holzsauer de Oliveira - 13 anos - 4º lugar nos 100 metros, com o tempo de 12"13.
E o vice campeão da categoria 13 anos, Lucas Antunes da Costa Ruivo, que fez os 100 metros em 11"74.
A participação dos alunos em mais esse evento esportivo só foi possível graças ao apoio e patrocínio de importantes empresas que acreditam no desenvolvimento do esporte na cidade de Itararé:
DO VALE PNEUS - GRUPO COLOMBO
AUTO POSTO ESTRADÃO
FORT PALETS
MANÉ AUTO PEÇAS E RETÍFICA
AUTO POSTO SÃO CRISTÓVÃO

Na matéria da Gazeta Esportiva, promotora do evento, o aluno Kaíque foi entrevistado e contou o porquê de ter preferido correr descalço, assim como muitos atletas fizeram na competição:

http://www.gazetaesportiva.net/noticia/2014/12/sao-silvestrinha/criancas-descalcas-fazem-a-festa-em-21-sao-silvestrinha.html


Nos vídeos abaixo podemos ver o desempenho de nossos representantes na 21ª São Silvestrinha:



domingo, 21 de dezembro de 2014

FAMÍLIA

Corremos juntos.
Nem sempre na mesma direção.
Quase nunca na mesma velocidade.
Nossos ritmos são diferentes.
Nossas distâncias podem não ser as mesmas.
As passadas são diferentes.
Mas acabamos nos encontrando.
Muitas vezes somos adversários.
Enfrentamo-nos uns aos outros.
Medimos nossas forças.
E acabamos crescendo com nossas diferenças.
Somos diferentes para que possamos nos completar.
Para, de tempos em tempos,
Nos juntarmos numa grande Família.

sábado, 20 de dezembro de 2014

ALUNO DE ITARARÉ É VICE-CAMPEÃO NA SÃO SILVESTRINHA

Nossa equipe acabou de chegar de viagem.
Estávamos na capital paulista acompanhando a disputa da 21ª edição da São Silvestrinha.
E mais uma vez nossos alunos fizeram bonito na pista de atletismo.
Competiram em São Paulo na tarde de hoje:
Pela EE Professor Caetano Carbone
Brian Almeida Rodrigues e Kaique Eduardo Rodrigues.
Pela EE Tomé Teixeira
Paulo Vinícius H. de Oliveira e Lucas Antunes da Costa Ruivo.
Pela EE Professora Esther Carpinelli Ribas
Jorge Matheus dos Santos Fante e Daniel dos Santos Andrade.
Acompanhando os alunos estiveram os professores Flávio, Luis Carlos, Silvana, e Guilherme.
Mais uma vez tivemos destaque na competição.
O aluno da EE Tomé Teixeira, Lucas Antunes da Costa Ruivo venceu sua bateria com 11seg74 e classificou-se por tempo em segundo lugar na categoria, de 13 anos.
Amanhã daremos mais detalhes.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

PERCURSO DE BLAIR

Festas, Formaturas, Amigo Secreto.
Brindes, Panetones, Comemorações.
Mensagens, Abraços.
Confraternização.
Fim de ano é corrido mesmo.
Quer dizer, fim de ano é corrida também.
E lá fomos nós para um percurso duro, insano, casca grossa, mas delicioso.
Nosso Percurso de Blair.
É subida, descida, pedra solta, galhos, folhas, buracos.
Nosso parque de diversões.

domingo, 14 de dezembro de 2014

PROVA PEDESTRE DOS CAMPOS FLORIDOS

Na manhã de hoje, depois de uma semana inteira de chuvas e mais chuvas, o sol deu o ar da graça e esquentou ainda mais o clima de disputa na corrida realizada no município paranaense de Arapoti.
A tradicional Prova Pedestre dos Campos Floridos em homenagem ao aniversário da cidade teve a largada próxima às 11 horas, quando o sol e o forte calor castigaram os atletas de diversas categorias que se alinharam para enfrentar os 7 km para os adultos, e 3 km para o infantil e juvenil.
A competição premiou com troféus os dois primeiros classificados, e medalhas do terceiro ao sétimo colocado nas categorias Infantil, de 12 a 14 anos; Juvenil, de 15 a 18 anos; Adulto, de 19 a 29 anos; Sênior, de 30 a 39 nos; Máster, de 40 a 49 nos; Veterano, de 50 a 59 anos, e Superveterano, acima de 60 anos, para o masculino e feminino.
Mesmo com o calor a disputa foi bem acirrada, pois a prova contava com fortes atletas de fundo de várias cidades paranaenses, dentre as quais, Ponta Grossa, Piraí do Sul, Cambará, Arapoti, Jaguariaíva, etc.
A Equipe 28 de Agosto mais uma vez representou Itararé  na corrida, com 17 representantes: Flávio de Lima, Edson Bueno, Fabiane Gasparini, Patrícia Abdala, Felipe Domingues, Agnaldo Ferreira, Maria Eunice Camargo Tupá, Jonas Célio Camargo Tupá, Maiara de Souza, Carolina Veiga, Gabriela Martins Gorski, Guilherme Marques Gorski, Silmara Martins, Dênis Felipe de Lima e Rômulo. 
No apoio estiveram Aline Reis e Alexandre Monteiro.
Como quem nasce em Itararé é Campeão, nossa equipe fez bonito na corrida conseguindo ótimos resultados.
Nossos atletas não se intimidaram com o forte nível da prova, nem com o calor, e deram o máximo, todos conseguindo bons tempos.
Foram premiados com medalhas, obtendo do terceiro ao sétimo lugares os atletas:
Felipe e Dênis correram 3km e classificaram-se respectivamente em 7º e 3º lugar na categoria Juvenil;
Jonas foi o 6º colocado na categoria adulto masculino;
Rômulo se classificou em 4º na categoria sênior masculino.
Já na categoria Máster masculino, classificaram Guilherme em 4º, Agnaldo em 5º e Edson em 6º.


Mais uma vez os destaques da equipe 28 de agosto foram as mulheres. 
Patrícia foi a campeã da categoria Sênior feminino, e Fabiane completou o pódio com a 3ª colocação.
Maria Eunice foi a campeã da categoria Veterano feminino.
Na categoria Adulto, Gabriela foi a vice campeã, Carolina a 3ª colocada e Maiara chegou em 4º lugar.
Silmara foi a vice campeã na categoria Máster feminino. 


quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

ALGUMA COISA ACONTECE...

Alguma coisa acontece no meu coração
Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João...
E aí? Vai correr a São Silvestre?
Então você, junto com aproximadamente 30 mil atletas vai desenhar um grande Coração na capital paulista.
A organização mais uma vez fez alterações no percurso da nossa mais tradicional corrida.
E a novidade é um grande símbolo do amor dos corredores pela cidade.
Tudo bem que quem está correndo lá no chão, naquele asfalto quente do último dia do ano, nem vai perceber se está fazendo um coração ou não, mas vale a ideia.
Vamos lá!
Vá treinando seu coração aí, que está chegando a hora!

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

COLORINDO ITARARÉ

A cor dessa cidade sou eu!
Que legal!
Essa gente andando a pé pela cidade, bonita.
Correndo, caminhando,
A força de onde vem,
Ninguém explica!
Mais um treino delicioso no fim da tarde de hoje.
É verde, amarelo, vermelho, preto, azul, rosa, branco.
Gente bonita, animada.
É muita cor.
É tudo laranja!


Vem com a gente!
Teremos neste fim de ano pelo menos três corridas com a participação da nossa equipe colorida.
Domingo próximo tem a Corrida Pedestre dos Campos Floridos (combinou com nossas cores de hoje), em Arapoti, Paraná. Dia 20 a criançada de Itararé vai mais uma vez brincar de correr na pista de atletismo, em São Paulo, na 21ª São Silvestrinha.
E no último dia do ano, 31 de dezembro, vamos comemorar mais um ano de realizações, de alegrias, de corridas, na 90ª Corrida Internacional de São Silvestre.
E em 2015?
Vai ficar sentado assistindo TV?
Vai ficar grudado no "zap zap"?
Saia da poltrona e venha caminhar ou correr com a gente!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

REINAUGURAÇÃO DO MORRO CHATO - CAMINHADA RURAL

A equipe 28 de Agosto esteve presente na manhã desta segunda-feira, feriado pelo dia de Nossa Senhora da Conceição, na reinauguração do Mirante do Morro Chato, localizado no bairro homônimo. 



O evento contou com uma programação que teve início na manhã de domingo com um Festival de Pipas no local, e hoje, reuniu ciclistas e corredores da cidade, os quais realizaram um passeio ciclístico saindo da Praça São Pedro e uma Caminhada e Corrida Rural, saindo do bairro do Cerrado até o alto do morro, completando aproximadamente 11km.
Além dos atletas e o auxílio dos amigos e familiares que levaram frutas, contamos também com uma equipe de apoio no caminho até o morro, liderada pelo coordenador de turismo Edilson Moraes, que nos recepcionou com sucos e sanduíches. Deixamos aqui, nosso agradecimento.


Apesar da longa subida que os atletas enfrentaram, a paisagem e o contato com a natureza foram recompensadores...





Com a reativação do local, o atrativo torna-se parte do roteiro turístico da cidade de Itararé.
Mais informações: turismo@itarare.sp.gov.br

domingo, 7 de dezembro de 2014

CAMINHADA RURAL - REINAUGURAÇÃO DO MIRANTE DO MORRO CHATO

É amanhã pessoal!
Contamos com a presença de todos para a reinauguração deste maravilhoso ponto turístico da nossa cidade!
Concentração: 7h30 na praça São Pedro
Saída às 8h do Bairro do Cerrado rumo ao Morro Chato!
Vamos lá!!!


Vejam o mapa do percurso que faremos amanhã:
(Até o km 5 é asfalto, depois pegaremos à direita em estrada de terra)


quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

CAMINHOS

Vou.
Por aí.
Caminhando.
Não paro.
Às vezes, disparo.
Corro.
Canso.
Recupero.
Vou de novo.
Pelas ruas.
Subo.
Desço.
Na estrada.
Vou sem nada.
Pelo vento.
Se aguento,
Venço.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

TREINO ESPECIAL

Que tal fazer 10 km caminhando ou correndo e chegar num lugar maravilhoso?
Poder sentar para descansar ao lado dos amigos e desfrutar de uma vista linda?
Ter a alma revigorada com boas energias, sentindo o efeito da endorfina?
Então. Vem com a gente!
Na próxima segunda-feira, dia 8 de dezembro, feriado, teremos um treino muito especial.
Sairemos do Bairro do Cerrado, às 8 horas, indo em caminhada e/ou corrida até o Morro Chato.
Vai ser a Caminhada Rural!
Entre em contato com algum de nossos atletas.
Vem com a gente!


domingo, 30 de novembro de 2014

VITÓRIA EM SÃO MIGUEL ARCANJO

Como parte da programação da Virada Cultural 2014 foi realizada na manhã de hoje na cidade de São Miguel Arcanjo a 2ª Corrida "Dirceu Bueno", prova que contou com muitos corredores de diversas cidades paulistas.
Estiveram na competição fortes atletas de São Miguel Arcanjo, Itapetininga, Sarapuí, Sorocaba, Tatuí, Alambari, Cerquilho, e muitas outras, disputando os pódios nas categorias masculinas e femininas de 16 a 29, 30 a 39, 40 a 49, 50 a 59, 60 a 69, e 70 anos em diante.
O forte calor marcou a prova que teve um percurso de 5 km pelas ruas da "Capital da Uva Itália", exigindo bastante dos corredores. O trajeto teve algumas subidas, mas não muito íngremes, e o ritmo foi bem forte desde a largada, que se deu na Lagoa do Guapé, uma área de lazer do município.
Nossos atletas mais uma vez se saíram muito bem, completando a corrida e trazendo lindas medalhas para Itararé.
Gabriela Martins Gorski foi a campeã na categoria 16 a 29 anos feminina, sendo chamada ao pódio para receber um troféu (o quarto troféu conquistado no mês de novembro).
Maria Eunice Camargo Tupá foi a vice-campeã na categoria 50 a 59 anos feminina;
Fabiane Gasparini terminou em 13º lugar na categoria 30 a 39 anos feminina;
George Felipe Domingues foi o 15º colocado na categoria 16 a 29 anos masculina;
Guilherme Marques Gorski foi o 5º colocado na categoria 40 a 49 anos.
Rosa Cristina Martins Gorski participou da caminhada, e Alexandre Monteiro esteve no apoio aos atletas.
 

sábado, 29 de novembro de 2014

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA A SÃO SILVESTRINHA


Enquanto muitos se lamentam pelo encerramento das inscrições para a 90ª Corrida Internacional de São Silvestre, a criançada festeja o anuncio da abertura das inscrições para a 21ª São Silvestrinha.
A competição é uma versão infanto juvenil da nossa mais famosa prova pedestre e sempre reúne atletas mirins de todo o país para as disputas de prova na pista de atletismo em distâncias que vão dos 50 aos 600 metros.
Muitos corredores da elite nacional de corrida de fundo passaram pela São Silvestrinha, e o mais famoso deles é o atleta Frank Caldeira, medalhista pan-americano na maratona do Rio de janeiro, em 2007.
Nossa equipe vem participando da competição desde 2007. Nos últimos anos nossos representantes têm vindo das escolas estaduais, com o projeto desenvolvido na Diretoria de Ensino - Região de Itararé, sob o nome de "Saber Correr para Correr pelo Saber".
E os resultados são animadores. Tivemos sempre ótimas colocações, sendo que na última edição o aluno da Escola Tomé Teixeira,  Paulo Vinícius Holzsauer de Oliveira foi o campeão nos 100 metros na categoria 12 anos.
Classificação da categoria 12 anos:
Paulo Vinícius foi o destaque na matéria do site da Gazeta Esportiva, organizadora da prova:
Em 2012 nosso projeto ganhou a primeira página do Diário Oficial do Estado de São Paulo:

E o Governo do Estado também destacou Itararé no ano de 2006, quando a Escola Estadual Dr. Epaminondas Ferreira Lobo teve alunos na São silvestre:
http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia.php?id=80342&c=6
Neste ano de 2014 os alunos  da Escola Estadual Professor Caetano Carbone representarão Itararé na competição. Tem até uma mini pista de atletismo na escola. É o atletismo renascendo em Itararé!

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

ENCERRADAS AS INSCRIÇÕES PARA A SÃO SILVESTRE

Quem fez, fez, quem não fez, só em 2015!
As inscrições para a edição de número 90 da nossa mais famosa prova pedestre, a Corrida Internacional de São Silvestre, realizada tradicionalmente no último dia do ano, dia do santo que lhe dá nome, já se encerraram.
Estavam previstas para até o fim de novembro, ou até atingir o limite de participantes, o que deve ter acontecido. De acordo com o regulamento da competição, seriam ofertadas 30.000 vagas para inscrição. Se esse número realmente foi atingido, e contando ainda com os tradicionais "pipocas" a prova será a maior já realizada no país.
E a coisa promete já que 90 anos não é pouca coisa!
Da nossa turma alguns até queriam participar, mas tinham de esperar até os últimos momentos para decidir, e aí ficaram de fora. Mas mesmo assim seguem firmes nos treinos, afinal, corrida é o que não falta.
No próximo domingo tem prova em São Miguel Arcanjo e no dia 14 de dezembro está prevista a corrida de rua que tem o nome mais bonito de todos, a Prova Pedestre dos Campos Floridos, em Arapoti, PR.
"Vamo que vamo"!

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

CORRER É BOM DEMAIS!

Como faz bem pra gente!
Poderia falar aqui dos benefícios cardiovasculares, da liberação da endorfina, serotonina, da queima das calorias, emagrecimento, melhora da disposição, do sono, na auto estima...
Poderia falar sobre a tonificação dos músculos, aceleração do metabolismo, fortalecimento do coração, consciência corporal, o combate à diversas doenças, etc...
Sim, tudo isso a corrida nos proporciona.
Lembraria ainda da melhora do raciocínio, do humor, do aumento da densidade óssea...
A corrida também nos faz comer melhor, "direcionando" naturalmente nosso paladar e nossa fome para comidas mais saudáveis.
É, a corrida traz tudo isso.
Mas correr também é bom demais porque nos faz sentir em paz.
Quem corre entende mais a vida.
Aprende que, assim como nos treinos e nas provas, na vida vai ter dia bom e dia ruim. Vamos ter vitórias e derrotas.
Aprendemos que até para competir precisamos do outro.
Sem o outro, adversário, e não inimigo, não poderíamos melhorar o nosso próprio eu.

domingo, 23 de novembro de 2014

ITARAREENSE GANHA CORRIDA EM PONTA GROSSA - PR

O Instituto Sul Paranaense de Oncologia, ISPON,  juntamente com a Secretaria de Esportes e Recreação da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, com o objetivo de informar sobre prevenção do câncer na comunidade, bem como incentivar a prática de atividades físicas e a adoção de um estilo de vida saudável, reduzindo com isso o risco do câncer, promoveu na manhã deste domingo, 23 de novembro, a 6ª Corrida e Caminhada do ISPON contra o Câncer.
O evento que teve duas provas de corrida, de 5 e 10 km, e mais uma caminhada participativa de 5 km, contou com centenas de participantes, dentre eles os fortes corredores da região dos Campos Gerais.
A largada e chegada das corridas e da caminhada se deu na rua Francisco Ribas, em frente ao Instituto ISPON, onde também foi feita a premiação dos vencedores.
Representando Itararé estiveram na competição Carolina Veiga, Gabriela Martins Gorski, Guilherme Marques Gorski e Rosa Cristina Martins Gorski, todos correndo a prova dos 5 km.
Mais uma vez o destaque foi a atleta Gabriela que venceu todas as 110 corredoras que disputaram os 5 km, concluindo com o tempo de 23min52seg, imprimindo um ritmo médio de 4'46" por quilômetro.
A campeã levou o nome de Itararé no degrau mais alto do pódio para receber mais um troféu para a Equipe 28 de Agosto.
RECORD NA RUA - SÃO PAULO
Na capital paulista também teve atleta 28 de agosto correndo com o nome de Itararé no peito.
Oracy Gorski Damaceno participou da corrida Record na Rua, evento que faz parte do calendário oficial de eventos de São Paulo.
Oracy correu a distância de 10 km.
PROVA PEDESTRE DA UEL - LONDRINA
A Universidade Estadual de Londrina, com promoção da Rede Massa SBT de Televisão, realizou neste domingo uma prova pedestre nas distâncias de 3, 5 e 10 km.
A competição contou com muitos corredores do norte do Paraná e lá também estava uma representante da Equipe 28 de Agosto.
A atleta Fabiane Gasparini correu a prova de 5 km, ganhando mais uma medalha para Itararé!

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

TREINANDO..... PATINANDO ....QUE VENHA A SÃO SILVESTRE!

Depois de fazermos bonito em mais uma corrida (Maratona de Curitiba) é hora de pensar nos próximos desafios.
Teremos corrida neste final de semana, no começo do mês de dezembro, e, como sempre, para encerrar o ano esbanjando alegria e saúde, vamos levar uma galera na Corrida Internacional de São Silvestre.
A São Silvestre em 2014 completa 90 anos e os atletas prometem muita festa nas ruas e avenidas de São Paulo.
Aproveitando o horário de verão a turma vem se reunindo nos finais de tarde para treinos nas estradinhas de terra em volta de nossa cidade. Terça-feira fizemos 7 km num bonito, mas difícil percurso, saindo da frente do Ginásio Lauro Loureiro de Melo, indo pela estrada de terra em direção ao Bairro do Cerrado, e retornando por asfalto.
Hoje, quinta-feira, aproveitando que em nossa cidade é feriado pelo Dia da Consciência Negra, resolvemos fazer um treino mais puxado, de 8,8 km, num trajeto inspirador, com vista para um vale muito bonito, mas que exige bastante do condicionamento físico, pois tem subidas bem fortes e longas. Mas nada que nossa turma não encare com um sorriso no rosto.
Só que de manhãzinha a chuva que começou na madrugada insistia em não parar.
E daí? Vai com chuva mesmo, para surpresa dos familiares, amigos, etc...
O pessoal não acredita quando a gente fala que vai sair pra correr debaixo de chuva. Não sabem o quanto é gostoso.
E fomos mesmo. Mas a chuva deu uma trégua, e saímos para correr sob uma fina garoa.
E como o percurso de hoje era todo por estrada de terra (estrada do Cerrado e volta pela estrada da Casa Amarela) o barro estava de atolar o pé.
Já no começo do treino os tênis pesavam muito com o barro grudado. Mas e daí? Fomos assim mesmo. Só tivemos que adaptar as passadas em alguns trechos. Nosso treino hoje mais parecia patinação do que corrida.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

PÓDIOS




Enquanto boa parte da equipe estava na Maratona Caixa de Curitiba, mais um atleta 28 de Agosto fazia bonito em corrida da região. Edson Bueno, professor de Educação Física, levou o nome de nossa equipe e de nossa cidade no degrau mais alto do pódio na 5ª Corrida José Roberto de Melo Duarte na cidade de Itaí.
A prova, que é organizada pelo Rotary Club de Itaí, teve a largada às 8h30, e  a distância de 5 km, em percurso de duas voltas pelas ruas da cidade, sendo bastante disputada pelos corredores da região.
Nosso representante fechou a prova em 20min30seg, num ritmo médio de 4:16, ficando em 10º lugar na classificação geral e sagrando-se campeão na categoria de 41 a 50 anos, recebendo um lindo troféu.



A Maratona Caixa de Curitiba é um evento grandioso, conhecido em todo o Brasil pelos aficionados por corrida de rua. É uma prova duríssima nos seus 42 km, sendo encarada pelos maratonistas talvez como a mais difícil prova na distância de 42 km no país. A altimetria da corrida, e muitas vezes a temperatura no terceiro domingo de novembro (tradicionalmente a maratona é disputada sempre no terceiro final de semana deste mês) faz com que só se arrisquem a se alinhar na largada os mais bem treinados maratonistas. Os percursos dos 10 e dos 5 km também são bem duros, exigindo bastante dos atletas. Completar esses percursos é motivo de orgulho. Figurar no pódio dessa prova, recebendo o troféu de vice-campeã das mãos do Prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet, é uma honra para nossa equipe. Gabriela fechou os 5 km em 23min56seg, num ritmo médio de 4:47.

Parabéns aos dois atletas que fizeram bonito no último domingo!

domingo, 16 de novembro de 2014

MARATONA CAIXA DE CURITIBA - PÓDIO PARA ITARARÉ

Na manhã  de hoje  na capital paranaense foi realizada a Maratona Caixa de Curitiba, evento que reuniu mais de 4 mil atletas disputando os pódios das distâncias de 5, 10, e 42,195 km, num dia bonito de sol, sob uma temperatura agradável, apesar do frio que fez nos últimos dias na cidade. Também houve uma caminhada participativa de 3 km.
A largada e chegada se deram na Praça Nossa Senhora de Salete - Centro Cívico, e os percursos se estenderam por vários bairros de Curitiba, com uma altimetria de sobe e desce que faz da maratona curitibana uma das mais difíceis do Brasil.
O evento começou bem cedo com os atletas retirando os chips de cronometragem e às 7h15 teve a largada da maratona. Depois de meia hora, às 7h45, largaram os corredores dos 5km e 10km e os participantes da caminhada de 3km.
A prova principal de 42 km foi vencida no masculino pelo queniano Fred Chesondin com o tempo de 2h22min19seg depois de uma disputa até os metros finais com o brasileiro João Fonseca, que terminou em segundo lugar com o tempo de 2h22min23seg. Já no feminino a vencedora Jackeline Rionoripo, também do Quênia, não teve dificuldades e fechou a maratona em 2h49min12seg.
Os atletas itarareenses da Equipe 28 de Agosto mais uma vez representaram nossa cidade na tradicional maratona brasileira. Tivemos representantes em todas as modalidades.
Na caminhada, Rosa Cristina Martins Gorski.
Os participantes dos 10km foram Jonas Célio Camargo Tupá, Carolina Veiga, Maria Eunice Camargo Tupá, Flávio de Lima, Beatriz Pimentel Mello e Rômulo Branco.
Nos 5km correram George Felipe Domingues, Rafaela Martins Gorski e Gabriela Martins Gorski.
Gabriela foi destaque e obteve um excelente resultado, sendo a vice campeã da prova com o tempo de 23'56'', subindo no pódio para receber um lindo troféu das mãos do prefeito de Curitiba.
Já a distância principal, os 42.195km da maratona foram encarados por Guilherme Marques Gorski, que completou sua 3ª maratona no ano de 2014, com o bom tempo de 3h27'56''.
Todos os concluintes foram premiados com lindas medalhas.
 
 

sábado, 15 de novembro de 2014

RETIRADA DE KIT - MARATONA DE CURITIBA


Atletas de Itararé na retirada do kit de prova

É amanhã!
Mais uma competição com a presença dos itarareenses da Equipe 28 de Agosto.
A Maratona Caixa de Curitiba será realizada na manhã deste domingo, com largada na Praça Nossa Senhora de Salete, no Centro Cívico, com corridas de 42,195 km, 10 km, 5 km, além de uma caminhada de 3 km.
A prova, que é uma das maiores do Brasil e bastante tradicional, contará com alguns dos melhores fundistas do país disputando com os excelentes atletas quenianos, e passará por diversos bairros da capital paranaense. Os 42 km terão a largada às 7h15, e as demais distâncias começarão às 7h45. Nossa equipe contará com atletas em todas as distâncias.
O clima neste final de semana parece que vai ajudar os corredores, e a ansiedade já tomava conta de todos que foram até a retirada do kit de prova.
Os representantes de Itararé retiraram seus kits e posaram para foto de uma das patrocinadoras do evento.

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

SEGUNDA É ASSIM

Cansado já de ver nas redes sociais umas brincadeiras comparando o humor das pessoas nos dias da semana. Geralmente as postagens colocam as pessoas tristes, chateadas, pra baixo quando acaba o domingo e chega a segunda-feira. E com o passar dos dias da semana vão recuperando o astral que quando chega na sexta fica todo melhorado.
É assim que querem que as pessoas sejam.
Quem disse que segunda-feira é ruim?
Quem faz o seu dia é você!
O nosso foi assim:

Quer melhor que isso?
Sair pra correr curtindo um sol lindíssimo, com paisagens deslumbrantes, e depois sentar na Praça do Laguinho pra bater papo com os amigos.
Pra nossa turma todo dia é dia, toda hora é hora!
Bora correr!

domingo, 9 de novembro de 2014

GALERA ACELERANDO NO ASFALTO

Seguindo a sugestão de um dos atletas da equipe, resolvemos inovar neste domingo, experimentando um percurso novo.
O ponto de encontro foi a Praça Francisco Alves Negrão (São Pedro) de onde partiram de carro os atletas em direção ao Bairro do Cerrado.
Lá fizeram o aquecimento, deram uma alongada e aceleraram na estrada de asfalto rumo ao Bairro de Santa Cruz dos Lopes, curtindo um lindo visual na ida, pois de lá se enxerga longe.
E o treino foi por tempo. Cada um no seu ritmo, correndo, trotando, caminhando, foram até dar trinta minutos, e fizeram meia volta, retornando com o vento e as subidas exigindo bastante.
Mas nossa turma não se intimida com qualquer obstáculo.
E seguiu firme, concluindo mais um bom treino de domingo.
Mais um dia ganho!
Que venha a Maratona Caixa de Curitiba!

 
 
CAMPANHA DAS PIZZAS
 
 

Correr por aí levando o nome de Itararé no alto dos pódios em várias cidades é um dos objetivos de nossa equipe. Não é fácil manter a média de mais de uma prova por mês com a participação dos nossos atletas. As inscrições são bem caras, e há muitos gastos com transporte, hospedagem e alimentação, além das despesas de cada um com tênis, meia, shorts, relógio, etc.
Por tudo isso é que sempre contamos com o apoio de empresários que acreditam no esporte de Itararé. São administradores de visão, que percebem a importância de ligar o nome de suas empresas à Equipe 28 de Agosto.
Mas além dos patrocínios, sempre fazemos campanhas visando arrecadar recursos para custear a participação dos itarareenses nas diversas provas.
Estamos começando uma campanha de venda de pizzas.
Que tal uma pizza quentinha?
Teremos de Portuguesa, Muçarela, e Calabresa.
Preço: R$ 20,00!
Vamos lá!
Colaborem!

sábado, 8 de novembro de 2014

RELEMBRANDO...

O Parque Ecológico da Barreira.
No final da década de 80 e início dos anos 90, Itararé, assim como todo o planeta, ainda engatinhava na questão ecológica. E os primeiros passos foram daqueles que eram considerados sonhadores, utópicos, e, na época não eram tão levados a sério. Mas o tempo, senhor da razão, mostrou que aqueles sonhadores na verdade tinham os pés muito mais no chão do que os pragmáticos, dos conservadores. Enxergavam longe demais para os padrões da época. E continuam enxergando além.
As fotos são de uma caminhada ecológica que fizemos saindo da Praça São Pedro em direção ao Parque da Barreira. No caminho, passando pelos trilhos da estrada de ferro, íamos fazendo planos, sonhando com o desenvolvimento turístico de nossa cidade.
Poucos pensavam nisso.
Em caminhadas ou pedaladas descobríamos  cachoeiras, criávamos trilhas e caminhos atualmente percorridos por muitos que visitam nossa região.
Hoje a cidade colhe frutos dos sonhos, do espírito aventureiro de anos atrás.
Desbravadores.


quinta-feira, 6 de novembro de 2014

FALTA POUCO!

Falta pouco!
Quem já correu uma maratona com certeza (desculpe pela utilização dessa verdadeira praga que se tornou essa expressão...) já ouviu isso de alguém durante a prova.
O público que assiste às maratonas sempre apoia os corredores, e todo apoio quando você está ali sofrendo é bem vindo.
E o que mais se ouve do pessoal das calçadas é isso: - Vamos lá! Falta pouco!
Existe uma cumplicidade entre o que assiste e o que corre.
Tem gente que estende a mão, aplaude, grita palavras de incentivo, joga água com mangueira, distribui mexerica, enfim, parece que quer fazer parte da corrida. Se pudesse correria junto para ajudar.
O fim de uma prova de longa distância é um misto de alegria, sofrimento, alívio, dor, êxtase. Ver as placas de 40, 41, e 42 km significa que você vai conseguir. 
O que começou com um sonho nos primeiros treinos, se transforma em frio na barriga nos minutos que antecedem a largada.
O que era uma incerteza nos primeiros quilômetros, começa a se transformar em loucura na altura do vigésimo, quando você começa a se perguntar o que está fazendo ali.
Aquilo que foi sonho, frio na barriga, dúvida, loucura, vira tormento nos trinta em diante.
E é ali, naqueles quilômetros decisivos, em que as pernas parecem estar destruídas, moídas, em que a dor toma conta do corpo inteiro, que o "falta pouco" gritado por um desconhecido, que a mão estendida de uma criança, as palmas dos que torcem não pela vitória do primeiro colocado, mas para a sua vitória pessoal, fazem a diferença.
O "falta pouco" se transforma em energia. Em combustível.
O "falta pouco" faz esquecer da dor. Alimenta a alma, faz sonhar de novo!
É que não são "" 42,195 km.
É muito mais que isso!
É uma vida!
E falta pouco mesmo!
Dia 16 de novembro os itarareenses mais uma vez tomarão as ruas da capital paranaense.
Representarão Itararé na Maratona Caixa de Curitiba, nas provas de 5, 10, e 42 km, além de uma caminhada de 3 km.
Vamos lá, Itararé!
Falta pouco!

domingo, 2 de novembro de 2014

MARATONA DE REVEZAMENTO - ITARARÉ NO PÓDIO !

Na manhã de hoje, no Autódromo Internacional de Curitiba, na cidade de Pinhais - Paraná, foi realizada a segunda etapa da Maratona de Revezamento - Corrida do Povo, prova organizada pelo Jornal Gazeta do Povo, da capital paranaense.
A competição reuniu centenas de atletas que disputaram a distância principal, de 42 km, em equipes de revezamento masculinas e femininas, compostas de duplas, quartetos e octetos. Além dos 42 km, houve também corridas de 5 e 10 km.
Os atletas dos 5 km completavam o percurso com uma volta na pista do autódromo. Os que correram 10 km tinham de completar duas voltas, e os maratonistas deviam fazer oito voltas para completar os 42 km.
A temperatura ajudou e os atletas aceleraram muito fazendo com que os tempos fossem bem baixos e a disputa muito acirrada.
Representando Itararé na competição estavam três atletas, Rafaela Martins Gorski, Gabriela Martins Gorski, e Guilherme Marques Gorski.
Rafaela correu a prova de 5 km e fez o bom tempo de 34min44seg, num ritmo médio de 6min56seg por quilômetro, concluindo em sexto lugar entre as corredoras.
Gabriela e Guilherme participaram dos 42 km em revezamento. Competiram na categoria Dupla Mista e terminaram a maratona em 3h19min37seg, num ritmo médio de 4min45seg por quilômetro, conseguindo a segunda colocação.
É mais um pódio com a presença dos itarareenses da Equipe 28 de Agosto!
Mais dois troféus para a coleção.



MAIS UM TREINO DA EQUIPE
Enquanto uns representavam Itararé nas pistas, outros treinavam duro nas estradas do Cerrado e Casa Amarela. Segundo uma das participantes, foi uma verdadeira corrida com obstáculos, enfrentando cachorro, porteira, riacho, porteira, poeira, e muuuita subida.
Porém, tudo compensado com paisagens lindas e companhia de pessoas maravilhosas.


sexta-feira, 31 de outubro de 2014

TABELA DE RITMO

Quer saber seu ritmo de corrida?
Dê uma olhada na tabela abaixo. Traz desde os 100 metros até a maratona.
Para saber seu ritmo com mais precisão, você pode utilizar a calculadora que disponibilizamos aqui do lado direito do blog.

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

ENERGIA

Não sei.
Não encontro título melhor.
Quero percorrer os caminhos de minha mente agora, enquanto ainda tenho um rastro do acontecido para ver se tento descrever o indescritível.
Não vou conseguir. Mas que fique ao menos a tentativa.
Vêm ao pensamento as pinturas de Dali, de Van Gogh, misturadas ao colorido de Romero Britto nas estórias de Alice. As parábolas de Rubem Alves conversando com Leonardo Boff que brincava com Cazuza cutucando Bach no livro Espiritualidade para Céticos, de Robert Solomon.
Loucura, loucura, loucura, diria o apresentador.
Rita Lee diria que é rock.
Naquele caminho que não acabava mais, o corpo começou a flutuar. Não sentia mais as pernas. De repente não conseguia mais ter controle do pensamento. Parecia que estava conseguindo enxergar as sinapses. Uma claridade estonteante no meio das sombras dos eucaliptos gigantes que margeavam a estradinha iluminava  somente meu campo de visão.
Para Raul seria metamorfose.
Não eram minhas pernas que corriam. O local em que já passei tantas vezes parecia que não era o mesmo. O que se passava em minha cabeça não era pensamento. Não era sonho. Tampouco era realidade.
Efeito da endorfina e da serotonina falariam os fisiologistas e educadores físicos.
Sabia onde estava, tinha noção do meu cansaço (o treino de hoje foi de 24 km), estava seguro de que estava em perfeita sanidade mental (não cheguei a me beliscar pra ver se não estava sonhando, mas tinha certeza que não estava louco). Mas não era eu quem estava me conduzindo.
Sei lá.
Nirvana.
Puro êxtase, diria Frejat.
Viu a bruxa, diria uma amiga que apelidou esse local de "Percurso de Blair".
Ali, no meio do silêncio ensurdecedor do nada, a dualidade corpo x mente não existia de jeito nenhum. Não era a mente mandando o corpo correr, nem o corpo pedindo para parar. Era sintonia. Era integralidade. De repente encontrei Caballo Blanco e uns tarahumaras que correram comigo por uns instantes e sumiram no nada.
Física quântica, diria Einstein.
Papa Francisco (seguindo o que Boff já teorizou), concordaria, dizendo que é o encontro da religião com a ciência.
Sabia que estava numa descida ou numa subida (e que subidas!). Mas não sentia em momento algum os efeitos disso. As passadas eram como de um queniano, mal tocando o chão pedregoso.
As folhas caindo das copas dos eucaliptos completavam o cenário maravilhoso (será que caíam mesmo?).
Barato de corredor, diriam os corredores mais experientes.
Vai Corinthians! Gritariam os fanáticos.
Podia sentir o sangue jorrando do coração e preenchendo os músculos. Parecia que conseguia olhar por dentro de todo meu organismo e ver músculos, ossos, cartilagens, executando seus movimentos. A respiração, apesar do ritmo ser intenso, estava em perfeito equilíbrio, mandando o "gás" para os pulmões.
O cheiro da terra e do eucalipto entravam pelas narinas e compunham melodias no ritmo das passadas.
Peace, John Lennon would say.
Sei lá.
Tudo muito estranho.
Vai ver que nem treinei.
Vai ver que cheguei do trabalho, me joguei na cama e só acordei agora.
Talvez tenha sido isso mesmo.
Não sei.
Bom, chega.
Vou lavar essas meias que estão imundas.
P.S. Não me internem!
Foto de um treino de bike no Percurso de Blair

terça-feira, 28 de outubro de 2014

ESQUENTANDO

Quanta gente!
Hoje muita gente retornou aos treinos. Que bom.
Uns vindo de pequenas lesões, outros reaparecendo depois que o frio passou, mais alguns que estavam muito atarefados com o serviço, etc.
E é assim mesmo. O calor anima o pessoal e dá mais disposição para que as pessoas cuidem do corpo. Por questões estéticas, saúde, performance, ou simplesmente para bater um papo sem compromisso enquanto corre ou caminha, a turma tá que tá.
Esse pessoal renova as energias da gente.
Engraçado que por mais cansativo que seja o treino (nossos percursos são só pedreiras...) depois que terminamos nos sentimos muito mais inteiros. Mais felizes, de bem com a vida.
Que venha a Maratona de Curitiba!
Que venha a São Silvestre!
Tá esquentando!
Vamo que vamo!



segunda-feira, 27 de outubro de 2014

MARATONA CAIXA DE CURITIBA 2014

É corrida ou escalada???
É a pergunta que faz quem vê o gráfico de altimetria do percurso principal, de 42,195 km,  da Maratona Caixa de Curitiba 2014, que será realizada na capital paranaense no próximo dia 16 de novembro.
Lógico que a imagem causa um impacto que não corresponde à realidade por conta da distorção entre as marcas de quilometragem, expressas horizontalmente, e a altimetria, expressa verticalmente.  A proporção entre as duas medidas na forma em que está apresentada faz parecer que os corredores (ou seriam alpinistas?) precisariam de cordas e apetrechos/equipamentos de alpinismo para escalar os paredões que se formam em muitas partes do percurso.
Mas não é nada disso. Se estendermos horizontalmente o gráfico veremos que as grandes subidas e descidas não são assim tão íngremes. Porém, muito íngremes ou nem tanto, não deixam de ser subidas e descidas.
De toda forma é uma das mais difíceis provas de 42,195 km do Brasil. Talvez a mais difícil (sem contar as de montanha).
O percurso não é moleza, não.
Quem já correu lá sabe bem que é uma prova dura, que exige demais da musculatura.
E se o clima não ajudar (lembrem-se que a prova é dia 16 de novembro!) as coisas podem se complicar ainda mais.
Já tivemos ano em que a quebradeira foi geral por causa do forte calor.
Na edição de 2002, na hora da largada fazia um friozinho, e uma densa neblina cobria o céu curitibano. Mas, como diz o ditado, "cerração que baixa, sol que racha", no segundo terço da prova a neblina foi embora deixando um sol fortíssimo rachando a cuca dos maratonistas. E, como estava frio na largada, muitos cometeram o desatino de saírem num ritmo forte. Resultado: muita gente na enfermaria (inclusive este que vos escreve...). Quem via a tenda médica parecia estar assistindo a um filme de guerra. Era soro na veia dos magrelos maratonistas. Gente estendida por todo que é canto.
E já que nossa turma não foge da raia, vamos encarar mais essa.
Dia 16 teremos itarareenses em mais essa competição. Serão realizadas corridas de 5, 10 e 42,195 km, além de uma caminhada de 3 km.
Vamos lá, divulgar nossa Itararé em Curitiba!